sexta-feira, janeiro 12, 2018

2017 já foi

2017 já era, com altos e baixos como sempre. Demasiado trabalho e muito tempo seguido sem férias, não quero voltar a repetir...

Desafios
Mergulho de ano novo numa praia perto de Haia, com -5 graus.
Provar todos os donuts em stock da Dunkin Donuts e curar a gula
Prova de Mud Masters de 12km com muitos obstáculos, lama e frio
Dam 2 dam de noite
Bike até à praia a pedalar 66.2km
Salto de queda livre, fantástico
Mergulho em águas Dutch, mas em Setembro, nada de muito especial
Ugly sweater run com frio e todos vestidos de motivos natalícios, muito divertido
Comecei a ler um livro Dutch mas não acabei... não é fácil e acabo por ler outras coisas, mas comecei e até percebo +-...

Viagens
PT, Londres, Rio de Janeiro e Berlim novamente
Paris, S. Petersburgo (com a aventura de 1 dia em Moscovo) e Madrid a trabalho 
Nenhuma estreia, infelizmente

Entretenimento
Concertos vários, the Gift, Beatles (2xs), U2, Macy Gray, DJ Armin van buuren
Stand-up comedy, teatro (incluindo o Jude Law ao vivo!), ballet, mime, teatro dançado - vi coisas muito "estranhas"
O cartão do cinema disse que tinha ido mais de 40 vezes, mas a contar com outros cinemas alternativos e em PT, mais de 50x de certeza
E a Glamour inglesa em versão papel acabou... :( foram quase 20 anos de leitura em que não devo ter falhado uma mão cheia de edições, desde que estava no Técnico e ia à papelaria Barata na Av Roma onde o sr me encomendava a revista, depois comprava onde havia, muitos colegas traziam-ma de Londres, e agora... já não há... gostava da minha glossy com artigos e reportagens interessantes, um bom balanço entre o sério e o silly, histórias que emocionavam, sugestões de leitura, filmes e séries, alguma parte cor de rosa dos socialites e do mundo da moda, recortes de sapatos, joalharia e vestidos que gostava de guardar, risota com os Do's & Dont's, depois com o It's OK... entretenimento após dias cansativos ao computador, companhia girlie que vai fazer falta. Adiante.

Visitas
DJ, família (agora numerosa) Albino Tavares, T&C, Mari(s)a, família

Paparoca
Comecei com os cozinhados do Hello Fresh para ir variando ingredientes e ter novas ideias.
Continuo a experimentar iguarias em todo o lado, restaurantes novos, petiscos diferentes, michelin, vale tudo! 
Alguns exemplos foram um restaurante Romeno, prova de rum com chocolate, churros com chocolate, mais pizzas e tiramisus, abacates da entrada ate a sobremesa, apanhar mirtilos, pão de ló da ti piedade, ramen, vegan
E já cá estamos... ainda a terminar o ano passado em trabalho, sem grandes projectos definidos para o ano.
Comecei com o mergulho de ano novo, mas na Costa da Caparica estavam 16 graus, nem frio tive depois de sair da água!
E já fui a Paris (posts virão) mas de resto sem viagens planeadas...
Gosto mais de números pares, mas os dias bonitos somos nós que os fazemos, não é por ser um ano par que garante mais alegria. Cá estamos para continuar, o blog segue, de certeza!

quarta-feira, janeiro 10, 2018

Teatro Nacional de S. Carlos

Finalmente entrei no S. Carlos (para além do café), para assistir ao L’enfant et les sortilèges, de Maurice Ravel {1875-1937}, com o Coro do Teatro Nacional de S. Carlos e o Coro Juvenil de Lisboa, Orquestra Sinfónica Portuguesa e Direção Musical de Joana Carneiro.
Uma criança desobediente destrói e maltrata os objetos que a rodeiam. Mas estes ganham subitamente vida e enfrentam o pequeno rebelde, repreendendo-o pelo seu comportamento que há muito os magoa e atormenta. Ao dar-se conta das consequências das suas ações, a criança, através de uma viagem espiritual, conhece o amor, a amizade e o perdão.

Era para miúdos e graúdos, uma mistura de concerto com teatro e ópera, diferente do habitual, engraçado, para toda a família.
E que belo teatro, salas grandiosas e elegantes, espaços cuidados.
Lisboa estava bonita e interessante!

segunda-feira, janeiro 08, 2018

Restaurante Alma

Durante as férias do Natal, experimentei um restaurante Michelin em PT, pela 1a vez. A escolha foi também condicionada por estar aberto à hora do almoço no dia 26, quando ainda está tudo meio ensonado e enebriado dos festejos Natalícios.
Fomos então conhecer o Alma, de Henrique Sá Pessoa. Fica logo ao lado da 1a loja d'A Vida Portuguesa, que também nunca tinha visitado, tantas coisas giras, que orgulho!
 Escolhemos um menu de cada, o Alma e o Costa a Costa. E há sempre as mimosices antes e durante, para além do anunciado.
crocante de tapioca com alga combu, maionese de ostra - interessante e agradável
sopa de gaspacho com gel de poejo -  estranho, principalmente pela textura do gel
bacalhau marinado com pickle de cebola e caviar de azeite - fresco, o azeite é sempre engraçado quando apresentado de maneira diferente do habitual
pimento vermelho com tinta de choco, mousse de pimento vermelho - pimento em várias texturas, bom
gamba com pó de framboesa, sumo de lima, framboesa - suave e fresco
vieira com leite de tigre, puré de guacamole e grãos de quinoa - adoro vieiras em qualquer formato, os grãos de quinoa eram curiosos
A - cenouras assadas, queijo de cabra, bulgur de frutos secos, azeite de cominhos
CaC - cavala, beringela, pimentos assados, pão seco, maionese de paprica fumada
A - escalope de foie gras, maçã, granola, amêndoa, café
A - polvo assado, romesco, casca de batata, alcaparras, paprica fumada
CaC - lula, grão, tomate confit, acelgas e caldo de lula - dispensava o caldo
CaC - camarão vermelho, açorda, alface do mar, bisque emulsionada com erva-príncipe
A - leitão confitado, puré de batata-doce, pak choi, jus de laranja - não costumo gostar de porquinho mas estava bom
CaC - robalo ao vapor com arroz de amêijoas à Bulhão Pato, codium

pré-sobremesa: sorbet de manjericão, merengue de lima e maçã granny smith - sabe a pizza? :P muito fresco

A - tarte tatin de maçã granny smith caramelizada, sorvete de toranja e baunilha
CaC - mar e citrinos, sorvete de yuzu, algas cristalizadas

E depois com o chá uma versão de creme de pastel de nata escondido numa bolinha "ferrero rocher", chocolate trufa e já não sei mais o quê.

Um almoço sobrecarregado de sabores, texturas e efeitos visuais, de 3.5h... o querer experimentar tudo pode ter o efeito secundário de ficar "overwhelmed" e até "confuso"... gostei, não gostei?
Claro que gostei, depois com mais calma a digerir a experiência, relembrar as fotos e sabores.
Serviço impecável e profissional, como esperado, também servem à carta e estava cheio de turistas.
Não deu para revisitar Lisboa com calma, mas todos dizem que está melhor e muito visitada, mais cuidada e interessante.
Não deu para sentir a nova Alma de Lisboa mas deu para provar o Alma em Lisboa :)

sexta-feira, janeiro 05, 2018

Tortas de Azeitão

(os posts estão todos atrasados... lá chegarei)
Se vou para os lados de Azeitão e passo na estrada Nacional, é caso para parar e levar umas tortas!
(O site não funciona no meu chrome mas dá no IE)
Já remodelaram a coisa, já não é só um balcão quase padaria com tortas, tem toda uma variedade de produtos artesanais locais e nacionais, as sardinhas, as cortiças, compotas, ímans, malas, sabonetes, queijo... e na altura do Natal tinha as azevias e sonhos e afins da época, com café para sentar e tudo.
Nunca desilude!

quinta-feira, dezembro 21, 2017

Ugly sweater run 2017

Uma colega lançou o desafio, vamos correr os 5km da ugly sweater run,  vestidos com camisolas feias de Natal? No Vondelpark, para a instituição de caridade Save The Children. Claro que sim!
Foi muito divertido, superou expectativas, e senti-me... underdressed for the occasion... havia de tudo, onesies, “gémeos”, adereços de rena, de pai natal, árvores de natal, inúmeros barretes vermelhos, luzes a piscar, duendes, bolas a saltitar... uns milhares de malucos muito bem vestidos (pelo menos 2k).
Uma volta com uma repetição pelo parque, muita animação, música a condizer... 
E correr juntos dentro da mesma camisola? Que coordenação... Better together!

E a medalha também é muito gira... uma óptima recordação!
No próximo ano queremos ir todos vestidos de igual :D

terça-feira, dezembro 19, 2017

Ramen Umaimon

Nos dias frios (assim desde Outubro a Maio), sabe bem uma comida quentinha e reconfortante, uma sopinha, uns noodles frescos e saborosos. O Umaimon abriu há uns meses em Leidseplein, onde antes era um sushi all-you-can-eat. Um dos "top 8", para o caso de estar cheio e querer alternativa.
Escolhi um Mala Tori Soba, picantinho e muito bom, com galinha. Um gyo-kara set com umas gyozas maravilhosas e frango crocante. E um Kara-age-curry, também com frango.
Há opções vegetarianas e também há porquinho. Dá para take-away, os preços são muito acessíveis, o serviço é rápido e simpático, na cozinha só se vêm asiáticos. A repetir!

sexta-feira, dezembro 15, 2017

Casablanca Variété

Para despedida de uma colega, fomos ao Casablanca Varieté, um restaurante com um teatro lá dentro, onde se fazem espectáculos de variedades, circo, magia...
O menu é variado e bastante caro, a começar pelas entradas. Tudo ok mas a cumprir o esperado, nada do outro mundo.
O serviço  é +- e depois fomos convidados, quase forçados, a pagar extra pelo espectáculo de magia que ia haver, se quiséssemos... eram só 7eur por pessoa, e foi giro, mas teríamos preferido que fosse no fim do jantar que tivémos de quase interromper para ir lá para cima.
E depois a conta veio em formato simplificado e achei que haveria marosca... a dividir entradas e sobremesa, mesmo com os 7eur extra, achei que 51eur era um disparate para o que tínhamos comido... é uma vez e fica sabido...